O Livro de Enoque – “Os Gnósticos e Suas Relíquias” [1887]

Iniciaremos hoje a tradução de mais um livro incrível contendo os ensinamentos antigos. De 1887, o “The Gnostics and Their Remains” que em tradução livre para o português fica “Os gnósticos e Suas Relíquias”. No meio do Século 19, oitenta anos antes da descoberta de um tesouro de manuscritos gnósticos em um lixão no Egito, o Rei Charles William reuniu o que se sabia sobre os gnósticos neste livro. Naquele tempo havia apenas três fontes de informação sobre o gnosticismo: polêmicas contra eles por escritores cristãos, o Pistis Sophia, e um amontoado de imagens confusas e inscrições em pedras enigmáticas da era romana e alguns amuletos. Gnóstico é um termo que deriva do grego “gnostikós” cujo significado remete para algo ou alguém que é capaz de conhecer. Continuar lendo “O Livro de Enoque – “Os Gnósticos e Suas Relíquias” [1887]”