O Sonho do Oráculo – “O Homem e seus Símbolos” (1964)

 

Pessoas que confiam totalmente no raciocínio e afastam ou reprimem qualquer manifestação de vida psíquica muitas vezes se inclinam inexplicavelmente para a superstição. Ouvem oráculos e profecias e podem ser facilmente burladas ou influenciadas por mágicos e charlatães. E porque os sonhos compensam nossa vida exterior, a importância que estas pessoas dão ao intelecto é contrabalançada pelos sonhos, onde encontram o irracional sem possibilidade de fuga.  Continuar lendo “O Sonho do Oráculo – “O Homem e seus Símbolos” (1964)”

Anúncios