Deixe sua mulher instintiva correr livre…

 

Hoje o papo é com as mulheres, seres divinos, A terra que germina a semente! Mas os homens também podem se juntar a nós!

“As portas para o mundo do Ser selvagem são poucas, porém preciosas. Se você tem uma cicatriz profunda, aí está a porta, se você tem uma velha história, aí está a porta. Se você ama os céus e as águas como ama a si mesmo, aí está a porta. Se você anseia por uma vida profunda, uma vida plena, uma vida sã, aí está a porta. “ ~ Clarissa Pinkola Estés, escritora do livro “Mulheres que correm com os lobos: Mitos e Histórias do Arquétipo da Mulher Selvagem”; em inglês: “Women Who Run With the Wolves: Myths and Stories of the Wild Woman Archetype” Continuar lendo “Deixe sua mulher instintiva correr livre…”

A Floresta dos Contos de Fadas – Uma fonte de Simbolismo

Árvores e florestas têm desempenhado um papel significativo no folclore e contos de fadas desde o alvorecer da história registrada. A árvore do mundo mitológico era o mapa dos cosmos para o xamã viajante, a ideia remanescente da árvore como símbolo do Universo é vista em diversos contos de folclore e contos de fadas em várias culturas do nosso mundo.

Qualquer um que embarque em uma jornada exploratória ao simbolismo da floresta, encontra a si mesmo, como quem sabe, Chapeuzinho Vermelho acenando o adeus à sua mãe no portão do jardim, em uma grande viagem pontuada com as alegrias e os perigos da psique, rica em mito e lendas antigas, infundido com significado espiritual. Continuar lendo “A Floresta dos Contos de Fadas – Uma fonte de Simbolismo”