Índios vigilantes lutam para proteger a Amazônia

Armados com arcos e flechas, espadas, rifeis e agora também com GPS e câmeras, a tribo Ka’apor se recusa perder suas terras para madeireiros ilegais. Deixados apenas com promessas vazias do governo, os nativos passaram a se encarregar da “conservação natural através de confrontos agressivos”.