Conectando-se com a dor: O Xamã como Curador Ferido

“O analista deve continuar aprendendo interminavelmente … é sua própria dor que mensura seu poder para curar.” ~ Carl Jung

O xamã é retratado na mídia como um feiticeiro; usando vodu e sangue de galinha para curar dores e doenças. Mas o xamã é muito mais que isso. É um curador ferido; tendo sofrido através de seus próprios tempos sombrios e lutado contra seus próprios demônios interiores Continuar lendo “Conectando-se com a dor: O Xamã como Curador Ferido”

Anúncios