“O Portão de Ouro do Sol” – Arquitetura, Misticismo e Mitos (1892)

Hoje iniciamos a tradução de um incrível livro de 1892 que descreve o simbolismo do mundo real da arquitetura fazendo um paralelo usando a arquitetura para descrever a ficção, o mito e o folclore. “Arquitetura, Misticismo e Mitos” foi escrito por William Lethaby, que acredita que a arquitetura é um reflexo do macrocosmo. Ele especula que muitos dos detalhes aparentemente apenas ornamentais de edifícios clássicos na verdade são representações de aspectos da terra, do mar e do céu. Este é um daqueles livros como o Golden Bough ou a Deusa Branca (embora mais curto e com uma leitura menos desafiadora) que irá transportá-lo para o lado mito hipotético da realidade.

Vamos começar pelo capítulo VIII,  “The Golden Gate Of The Sun”. Continuar lendo ““O Portão de Ouro do Sol” – Arquitetura, Misticismo e Mitos (1892)”

A Casa da Alma – “Animismo ou Correntes de Pensamento de Povos Antigos” (1919)

Vimos em muitos estudos que ao espírito desencarnado é atribuído muito do carinho pelas coisas às quais se acostumou em sua vida terrena. A ideia de preferência ou gosto surge frequentemente em conexão com seu habitat pós-morte. Continuar lendo “A Casa da Alma – “Animismo ou Correntes de Pensamento de Povos Antigos” (1919)”

A Inevitável Revolução

 

Os tambores da vitória vão soar! Estamos agora a presenciar o despertar da humanidade florescer. Diversos protestos, retalhações massivas contra corrupção, tirania, contra os falsos ideias do sistema em todo o mundo. E o mais importante, estamos vendo movimentos coletivos gerando soluções para nossa atual forma de vida. Continuar lendo “A Inevitável Revolução”