Acolhendo o poder espiritual da menstruação

Todo mês chega o momento em que são enviados choques convulsivos de dor para as mulheres em todo o mundo, tanto física quanto emocionalmente. É difícil imaginar um tempo em que a menstruação não fosse um tabu. No entanto, nossos ancestrais viam isso como um processo natural poderoso. Continuar lendo “Acolhendo o poder espiritual da menstruação”

A Arte de Perder o Controle: O Poder da Experiência Extática

“Só sei que nada sei” ~  Sócrates

Algumas pessoas podem pensar que perder o controle em uma experiência extática é o oposto de ser racional. Mas se considerarmos o fato de que nem sequer sabemos o que é a consciência, ou por que sonhamos, ou o que acontece depois de morrermos, ou até mesmo o que significa ser racional, podemos nos sentir tão humilhados por “não saber” , mas assumir que não se sabe é o que nos liberta.  Continuar lendo “A Arte de Perder o Controle: O Poder da Experiência Extática”

O Despertar do Kundalini na Perspectiva Africana

Muitos de nós já ouvimos falar na energia do Kundalini e como despertá-lo, porém é muito raro vermos um estudo que fala da visão Africana dessa energia e hoje conheceremos a perspectiva dessa cultura tão rica.

A energia da Kundalini habita naturalmente dentro de todos nós. Nós viemos a este mundo com uma missão, Continuar lendo “O Despertar do Kundalini na Perspectiva Africana”

O Cristo Fractal e o Buda Quântico

“Estudar a ciência da arte. Estudar a arte da ciência. Desenvolva seus sentidos. Saiba como ver. Perceba que tudo se conecta com o resto. ” ~ Leonardo da Vinci

Dentro do emaranhado oceano quântico da evolução da consciência, surgem pequenas ondas do “Eu Superior” e ondas do ego. Nós, o inconsciente coletivo, somos a quebra da onda atravessando a praia da vida. A partir desse colapso coletivo surgem os símbolos Continuar lendo “O Cristo Fractal e o Buda Quântico”

O “Santuário de Cerâmica” é o Lugar de Renascimento da cultura aborígene

william-ricketts-gate-keepers
Entrada do Santuário

William Ricketts (1898–1993) era um Australiano ceramista e escultor do movimento de artes e ofícios. Nascido em  Richmond, Victoria, em 1898, William se estabeleceu permanentemente em Mount Dandenong, Victoria, em 1934. Mesmo não sendo treinado como ceramista e não possuir técnicas avançadas, o poder de sua visão de uma Austrália moderna que abraça a espiritualidade aborígene e respeito pelo mundo natural era a sua mensagem expressa em suas obras de arte.  Continuar lendo “O “Santuário de Cerâmica” é o Lugar de Renascimento da cultura aborígene”