O Cristo Fractal e o Buda Quântico

“Estudar a ciência da arte. Estudar a arte da ciência. Desenvolva seus sentidos. Saiba como ver. Perceba que tudo se conecta com o resto. ” ~ Leonardo da Vinci

Dentro do emaranhado oceano quântico da evolução da consciência, surgem pequenas ondas do “Eu Superior” e ondas do ego. Nós, o inconsciente coletivo, somos a quebra da onda atravessando a praia da vida. A partir desse colapso coletivo surgem os símbolos Continuar lendo “O Cristo Fractal e o Buda Quântico”

A Consciência Centrada no Coração

“Seu coração não responde à sua mente. Seu coração na verdade, revela os desejos mais profundos da sua alma. Nenhum tipo de justificativa racional ou desculpas alteram os verdadeiros desejos do coração, apenas atrasam a vivência da vida maravilhosa que você busca” ~ Robert Beno

Continuar lendo “A Consciência Centrada no Coração”

Símbolos: O Círculo – “O Homem e Seus Símbolos” (1964)

Vamos falar sobre um dos símbolos mais antigos e sempre presentes, o círculo.

A Dra. Marie Louise Von Fraz explicou o círculo (ou esfera) como um símbolo do self: ele expressa a totalidade da psique em todos os seus aspectos, incluindo o relacionamento entre os homens e a natureza. Não importa se o símbolo do círculo está presente na adoração primitiva do sol ou na religião moderna, em mitos ou em sonhos, nas mandalas desenhadas pelos monges do Tibete, nos planejamentos das cidades ou nos conceitos de esfera dos primeiros astrônomos, ele indica sempre o mais importante aspecto da vida – sua extrema e integral totalização.  Continuar lendo “Símbolos: O Círculo – “O Homem e Seus Símbolos” (1964)”