As vidas passadas de trabalhadores da luz e como curá-las

“Estamos sempre conectados a todas as vidas que vivemos e viveremos. Elas são parte do nosso caminho, nossa natureza e nossa herança. ”~ Mira Kelley

Espiritualmente falando, estamos vivendo nos momentos mais emocionantes e transformadores da evolução da humanidade. O que torna este tempo na história tão diferente dos anos passados é que estamos passando por uma ascensão como um planeta, e individualmente uma porção maior do que nunca da população está começando a despertar para quem realmente somos.

Este processo de despertar para a nossa verdadeira natureza é o que muitos de nós passaram a vida se preparando, é o clímax da jornada de uma alma. Porque despertar na consciência é a vida “definitiva” que muda nossa trajetória como uma entidade energética experimentando esta dimensão, que uma alma gastou centenas ou até milhares de vidas se preparando, não deveria ser surpresa que aqueles que estão passando pelo despertar estão entre as almas “mais antigas” do planeta.

Uma alma antiga refere-se não à idade em anos lineares, mas sim à experiência de vidas. É importante perceber que se você é um dos humanos que está experimentando um despertar espiritual nesta vida, isso não aconteceu por acaso, você foi escolhido para essa experiência devido a sua prontidão de um ponto de vista evolucionário.

Uma das maneiras pelas quais nos preparamos para estar na posição em que estamos neste momento particular da história foi desempenhar o papel de personagens que estavam em sintonia com as realidades espirituais ou a metafísica em nossas vidas passadas.

Não é de surpreender que muitos desses arquétipos de caráter sejam comuns entre os que despertam hoje, porém, o que pode surpreender é o modo como essas vidas passadas ainda estão afetando nossa realidade nesta vida. Entendendo algumas das maneiras pelas quais a espiritualidade desempenhou um papel em nossas vidas passadas, somos capazes de obter clareza sobre possíveis razões pelas quais sentimos a maneira como nos sentimos nesta vida, e também porque somos capazes de iniciar a cura de quaisquer traumas não curados que ainda são persistentes em nossa mente subconsciente e corpo celular.

Memórias de uma alma e da mente subconsciente

“Você não pode encontrar sua alma com sua mente, você deve usar seu coração. Você deve saber o que está sentindo, se não souber o que está sentindo, criará inconscientemente. Se você está inconsciente de um aspecto de si mesmo; se ele opera fora do seu campo de consciência, esse aspecto tem poder sobre você. ”~ Gary Zukov

Para entender como a natureza de nossas vidas passadas pode ter um impacto em nossas vidas neste momento, devemos primeiro entender como a mente subconsciente se liga às nossas memórias da alma.

Se pensarmos na jornada de uma alma como uma combinação de vidas nas quais uma alma sai das dimensões mais altas da realidade para uma dimensão na qual um véu de esquecimento é colocado sobre ela, apenas para descobrir que está fora desse esquecimento, podemos observar que a evolução de uma alma nesta dimensão não se limita à vida em que você se encontra atualmente.Tecnicamente, nós existimos simultaneamente em todas as vidas que vivemos, e quaisquer medos, bloqueios emocionais, crenças limitantes ou traumas que não foram curados no passado continuarão a viver em nossa mente subconsciente até que se tornem conscientes e sejam curados. Há muitas maneiras de fazer isso, incluindo ir a um curador de regressão a vidas passadas, ou como indicado na citação acima, prestando atenção em como nos sentimos.

Abaixo está uma lista explicando a natureza de algumas das vidas passadas comuns de trabalhadores da luz, juntamente com ferramentas úteis para nos ajudar a curar quaisquer detritos emocionais remanescentes dessas vidas.

Algumas vidas assadas dos trabalhadores da luz

Bruxas

A maioria das bruxas ao longo da história era temida por ser pagã ou por supostamente fazer o trabalho do “diabo”, no entanto, muitas eram de fato curandeiras naturais e em sintonia com a sabedoria superior. A maneira em que muitas bruxas morreram incluía ser queimada viva, torturada ou presa por sua afiliação com forças invisíveis por causa da tortura que enfrentaram, se fossem “descobertas”, por assim dizer, por praticar seu ofício, muitas escondiam essa parte de si mesmos, para não serem mortas.

Se você sentiu um medo não natural de revelar a parte espiritual de si mesmo para os outros, isso pode ser uma pista em uma vida passada como uma bruxa.

Meditação intencional: Ao entrar em uma meditação profunda, peça a seu eu superior que cure qualquer medo ou dor em seu subconsciente que tenha sido torturado, aprisionado ou morto. Lembre-se de que agora você está seguro para despertar suas habilidades espirituais e que conseguiu sair dessa vida com segurança.

Homem de Medicina / Xamã

Em algumas comunidades indígenas, a pessoa para a qual foram designadas para trabalhar com a cura espiritual ou para preencher a lacuna entre o mundo físico e o mundo espiritual era o xamã ou curandeiro/a local. Esses curandeiros espirituais muitas vezes viviam longe da comunidade imediata, numa vida de solidão, onde podiam estar em paz com a natureza e o espírito, e só eram visitados quando alguém estava doente ou aflito com alguma coisa.

Se você já sentiu a necessidade de se isolar dos outros devido ao seu processo espiritual junto com o medo de voltar a unir-se ao mundo, ou se você tem um medo subconsciente de atrair pessoas que só estão com você porque elas precisam de cura, pode ser devido a uma vida passada como curandeiro ou xamã.

Meditação Intencional: Em uma meditação profunda, diga ao seu subconsciente ou ao eu superior que você não precisa mais manter-se isolado do mundo. É seguro voltar a unir-se ao mundo e você não precisa mais atrair aqueles que estão sofrendo para que você se sinta valioso.

Monge ou devoto religioso

Em muitas ordens religiosas, incluindo ordens budistas, os monges são obrigados a realizar votos, a fim de confirmar sua devoção à ordem. Estes votos incluem votos de silêncio, votos de pobreza e votos de castidade entre outros. Se você já sentiu medo de falar sua verdade, de possuir seu impulso sexual ou ter riqueza ou abundância associada a algo não-espiritual, pode ser devido a uma vida em que você fez um desses votos.

Meditação intencional: Na meditação profunda, lembre ao seu subconsciente que você está seguro para falar e seguro para ser honesto.

Além disso, você é livre para viver abundantemente e expressar sua sexualidade através do amor amor, em vez de medo, de não mais estar vivendo com as restrições desses votos, e pode ser agora tornada nula e vazia em sua mente subconsciente. Peça que eles sejam deletados em um nível quântico da programação do seu subconsciente.

~*~

Vivemos todas as realidades passadas e futuras ao mesmo tempo e nosso Eu Superior está em consciência plena atuante em todas elas, por isso que cada um de nós possui a sua própria chave de cura e desenvolvimento. O caminho sempre foi e sempre será para dentro! ❤ Ahooo jardineiros, que esse estudo possa inspirá-los a buscar cada vez mais essa conexão profunda com suas divindades. Nos amo!!

Texto por Nikki Sapp. Traduzido e modificado por YanRam para O Grande Jardim.

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Leia também:

Anúncios

Sobre YanRam

Capricorniana, com a cabeça nas nuvens e o pés na terra. Parte do mistério do Multiverso. Eterna aprendiz. Massoterapeuta em Divina Massagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s