Pranayama: Aprendendo a arte da respiração equilibrada

Kundalini-Yoga-Third-Eye-Yoga

“A vida é um equilíbrio entre reter e deixar ir” ~ Keith Urban

O equilíbrio é a verdade nua e crua da natureza e esse quote acima fala especificamente da respiração. Como diria um grande Yogi, nós somos a respiração que inspira & expira, a linha tênue entre o quanto retemos e o quanto soltamos, cria o equilibrium necessário. Esse equilíbrio que nasce junto com o ser,  é difícil de alcançar na vida diária, mas a antiga técnica do controle da respiração, o Pranayama, pode ser útil para alcançar este equilíbrio. Continuar lendo Pranayama: Aprendendo a arte da respiração equilibrada

Anúncios

Os Seis Reinos do Samsara – Budismo Tibetano

roda-da-vida-3
Buda flutua no céu e aponta a lua cheia, o que significa a saída do ciclo de renascimentos e o caminho para a liberação.
Podemos dizer que cada um dos nossos pensamentos e das nossas reações, pertence a um dos seis mundos. A cosmologia budista declara que o universo atravessa continuadamente várias etapas, sendo que cada uma dessas etapas possui um ciclo de nascimento, desenvolvimento e declínio que dura bilhões de anos e, em cada etapa de nascimento e desenvolvimento existem os seis reinos.

Todos os seis reinos possíveis devem ser entendidos como metafóricos, todos servem como metáforas para a vida presente que temos – a única possível para a existência de uma psique individual –, sem nos referir a uma reencarnação futura ou passada, mas de que já vivemos todas as vidas aqui, agora, e colhemos os frutos imediatamente aqui e agora, de nossa paz ou agonia interior. Assim é que dispomos a nossa psique no mundo, considerando todas as variáveis internas e externas a que estamos sujeitos. Para podermos compreender os seis mundos é necessário “vê-los” como mundos não visíveis existindo simultaneamente.

Continuar lendo Os Seis Reinos do Samsara – Budismo Tibetano

Por que a Lua é chamada de Mulher?

Nos tempos antigos, o mundo não vivia essa hierarquia patriarcal que vemos hoje em nossa atual forma de vida. Antropologistas e arqueólogos tem concluído que isso é verdade! As mulheres foram os primeiros Xamãs ou Curandeiros dentro da tribo. A mulher foi a primeira a compreender o movimento da terra e o ciclo da vida por estarem intimamente conectadas com esses ciclos, que também ocorrem dentro de seus corpos. As mulheres das tribos entravam em sincronia através de seus ciclos e então todas sangravam juntas. Este é um momento íntimo para se reunir na “Tenda Vermelha” e transmitir sabedoria.

Então venha, seja bem vindo! Eu te saludo, junte-se a mim na Tenda Vermelha!

Continuar lendo Por que a Lua é chamada de Mulher?

Pesquisas de Harvard revelam como a Meditação age no Cérebro e no Intestino

GAS-728x400

Os benefícios da meditação já são conhecidos há milhares de anos pelos orientais, mas agora a ciência ocidental tem conseguido comprovar como nosso corpo reage a este belo exercício mental. Pesquisas estão a emergir da escuridão, mostrando que a implementação desta prática dentro de hospitais e escolas (algo que já está acontecendo), bem como sua inclusão nas recomendações de tratamento para várias doenças é uma grande alternativa.  Continuar lendo Pesquisas de Harvard revelam como a Meditação age no Cérebro e no Intestino

A Sabedoria e Intuição do Corpo

Meditation-Is-The-Art-of-Floating

Como aprendemos a confiar em nós mesmos? Como aprendemos a nos conectar com nossa intuição e conhecimento interno? Como nos conectamos com nosso propósito único? A chave está em reconhecer as matrizes energéticas e celulares do corpo. Atualmente, o homem se encontra desconectado com a natureza e Seus ciclos, a conexão que existe há milhões de anos. Continuar lendo A Sabedoria e Intuição do Corpo