Vibração e a Lei das Oitavas

Vibrations-and-the-Law-of-Octaves-300x188

Todo o Universo é feito por energia, que vibra em certas frequências e a vibração de cada frequência é que determina sua forma. Mesmo que isso já seja um fato conhecido, a pergunta que fazemos hoje é: Você consegue aplicar essa sabedoria para criar mais beleza e bem estar em sua vida e para trilhar o seu próprio trajeto evolutivo?

Minha resposta para essa questão é que há vários caminhos e um deles é através da ativação do DNA, um método básico que tem seus fundamentos na compreensão das vibrações. A partir desse estado de vazio, o Universo girou em espiral bilhões de vezes em torno de bilhões de galáxias, asteroides e planetas. Fazendo um análogo com o corpo humano, nomeamos estes mesmos como células, moléculas e átomos, já que seus padrões de evolução e expansão são os mesmos. Uma única célula evolui de um para dois, e então para quatro, depois oito e assim em diante até que o incrível Universo do Corpo Humano passe a existir, onde tudo vibra em uma certa frequência, mantendo diferentes expressões de forma e estrutura dentro do todo unificado.Há certas Leis que operam dentro de cada vibração, como por exemplo, explana as teorias das Três Leis de Newton ou Lei das Oitavas de Newlands, em que a funcionalidade das energias está dentro das oitavas ou frequências. Já que todo o Universo é feito de energia, incluindo nós mesmos, nossos seres também vibram em oitavas de frequências.

 A Oitava Lúmen

Seu corpo energético é similar ao um instrumento musical e o que você está fazendo é aprender a reger esse instrumento. Da maneira com que você se torna bom em tocar suas notas, a sua vida e consciência se expandem, e você aprende a acessar mais oitavas e pode escolher quais notas tocar dentro de uma seleção completamente nova de oitavas, ou porque não, todas elas. Como um instrumento musical, quanto mais notas e mais acordes se sabe usar, mais seu potencial criativo aumenta.

Dentro do sistema do corpo há oitavas das glândulas e órgãos que ressoam em certa frequência. Quando a luz branca da consciência entra no corpo, refrata e viaja através de 7 diferentes órgãos e glândulas com 7 diferentes frequências. Cada frequência regula as características e cores da luz emitida. Por exemplo, quando a consciência ilumina a glândula pineal, a energia emitida é violeta devido a vibração específica da glândula. Seguindo esta mesma linha de raciocínio, nossa “frequência da felicidade” – a chamada Lúmen Oitava – é a luz da consciência experienciada através das frequências de oitavas do corpo, as sete frequências mais a original oitava (o ‘C’ alto)

Glands-Chakras-Energy-Centers-LumenOctave
A primeira nota é também a última, ou Oitava. Forma-se um ciclo de notas.

Quando seu instrumento está regulado na frequência correta, coisas incríveis acontecem. Esse é o estado onde nós somos mais felizes, belos, prósperos e divinos.

O Instinto da Felicidade

O guia que te levará por essa jornada para aprender a tocar seu instrumento em uma frequência específica dentro do corpo é a sua frequência da felicidade. Nossa felicidade reflete a nossa verdadeira beleza e inteligência, e nos guia ao caminho evolutivo que nós leva a sermos aquilo de melhor que podemos ser. Da mesma forma em que os raios solares tem múltiplas diferentes cores,  a nossa frequência da felicidade atua do mesmo modo. É uma frequência mestre e certas glândulas do nosso corpo ressoam no tom de tal frequência. É importante compreender isso pois quando tentamos curar nosso corpo, tudo o que fazemos sempre tem a ver com frequência e energia, que envolve também formatos e formas.

Quando você se encontra fraco ou doente e toma algum remédio, essa combinação que forma essa medicina contém certas substâncias que está faltando ao corpo de alguma forma. Portanto, a partir desta ação você está dando ao seu corpo uma certa frequência. Já na medicina homeopática, na tradicional medicina Chinesa, ou tratamentos de acupuntura e de ervas, o que você está fazendo é tentar interagir com o Universo de uma forma que te ajude a encontrar o antidoto para sua condição – ou seja, a frequência que você precisa. Quando tudo é saudável, curado e bem harmonizado é quando você se sente completo, por inteiro. A frequência do todo, da totalidade, eu acredito ser a frequência do amor, a frequência da felicidade. Ela nos guia para nossas bases e suportes como seres e para o que precisa ser curado em nossas vidas. Portanto, quando você percebe que há algo que precisa ser curado ou um problema a ser resolvido, o que você está fazendo é reconhecer que algo foi desestabilizado e que há uma peça faltando, então você pode embarcar na jordana para descobrir qual é a peça que falta e como encontrá-la.

Curando o Emocional, o Espiritual e o Corpo Físico

Vibrations-and-the-Law-of-Octaves-The-Bliss-Instinct-300x226

Muito da Medicina Ocidental se caracteriza pela cura temporária de sintomas ao invés da causa em si do problema. Mesmo assim, a medicina ocidental tem seu valor; é muita boa em diagnosticar e socorrer problemas emergenciais, além de outras coisas. Entretanto, deixa de lado uma elemento muito importante, que é o lado espiritual e emocional que também são determinantes na funcionalidade do corpo e da mente.  Intricadamente, lá no fundo profundo, você é a totalidade, o amor, a frequência. Como a ciência tem constatado recentemente este conhecimento já antigo, os pensamentos e emoções são cruciais para saúde do corpo  e espírito que se manifestam através de doenças no corpo físico e na expressões de DNA; Por essa razão, muitos dos problemas em nossas vidas não podem ser resolvidos apenas com a medicina ocidental, porque mesmo que o sintomas sejam físicos, a solução não é apenas médica ou física, mas também emocional e espiritual.

Lembre-se, tudo está interconectado pois somos seres holísticos!

Se você passa a acreditar que não está sintonizado em uma boa frequência, seu corpo sentirá a forma da separação natural do estado de felicidade e começará a enviar “alarmes” sobre essa falsa crença; Como resultado, algo dará errado fisicamente no nosso corpo ou esse instinto pode nos levar a perpetuar situações de indiferença, como por exemplo, um acidente de carro ou até mesmo implicância com as pessoas que se ama. Nossa realidade física reflete na nossa frequência da nossa vibração espiritual e emocional. Você pode descobrir a raiz da fraqueza física como elemento e analisar sua consciência – a vida – é uma forma de tentar aprender como você é, pra onde sua atenção e foco precisam ir, te ajudará a retornar ao estado natural de felicidade. A verdade é que você é a totalidade, saudável e harmonizado; portanto, saiba encontrar seu caminho de volta quando se perder 😉

Vibrações – Fragmentando!

tumblr_nav4bnPdGn1qzcapfo1_500

Por concepção, nossas células se dividem em duas durante a mitose – que representa o preto e o branco, o Ying e Yang. Esse estado de crescimento só é o bastante durante certo tempo, como se só tivéssemos duas cores para brincar, pintando com preto, branco e cinza. Como consciência encarnada, nós ficamos entediados com apenas essas cores e então nossa natureza continua a crescer e se expandir. Um corpo complexo então surge como resultado. Enquanto nosso crescimento continua, uma única célula se forma em duas, então quatro, depois 8 e assim por diante. Nós começamos a reconhecer que podemos incorporar mais cores no espectro energético, torcendo o preto e branco em oito cores. Diferentes áreas do corpo começam a ressoar e emanar essas oito frequências. Se podemos ser o maestro dessas frequência, também podemos adicionar cores a nossa palheta. Por que? Porque todos nós, lá no fundo, desejamos ser melhores criadores, melhores pintores e músicos. Queremos criar vibrações que nos leve para um caminho mais interessante, divertido, amoroso e divino – juntar-se a frequência de Deus. A ativação da energia central do corpo não é apenas para cura, é também um propósito evolutivo. Uma vez que você tenha as ferramentas para pintar, você não se limitará em apenas cobrir um ponto na parede, você pode criar imagens incríveis para expandir, crescer e desenvolver. Você se cura primeiramente, e então usa essas ferramentas para criar sua realidade. Não devemos nos esquecer que a vida é apenas uma temporalidade de escolhas que fazemos como criadores da nossa própria realidade! Eu comecei esse processo aos poucos, reconhecendo as luzes, os sons, as sensações e como elas se relacionam, e como há vários outros padrões vibracionais que se aplicam às mesmas Leis das Oitavas. Se você estudar cada glândula e suas responsabilidades emanadoras de frequências específicas e presenciais (o momento presente), você compreenderá que esse é o seu estado natural energético, que é o mais saudável e vibrante. Da forma com que você provê para a glândula o ”antidoto”, ela passa a funcionar de maneira otimizada.

Por exemplo, se pegamos um coração que não sabe experienciar o amor (esse órgão emana as mais incríveis energias) e dá amor vinda de todas as direções, isso é um lembrete a frequência natural e o corpo passa a responder a partir de doenças até que consiga retornar ao seu estado natural. Mas a evolução não para por aí! Com o suporte apropriado, a evolução do corpo continua até atingir um supra estado. Lembre-se, as mesmas frequências também existem em diferentes seções de uma escala como um piano. A vibração do C do meio no piano é repetido como C alto e C baixo em outras oitavas. Uma vez que você explora as gamas de frequências (notas) com a oitava do meio, descobrirá que há muitas outras oitavas a serem exploradas.

O quanto mais puro, forte e pronto nosso corpo se torna, mais frequências ele pode absorver para atingir potencialmente a Lúmen Oitava. E então, o jogo da vida se torna cada vez mais interessante!

Espero que tenham gostado e que esse conhecimento traga ainda mais luz aos seus aprendizados diários! 😉 Um só amor, uma só vibração, um só sangue!

Fonte: Wake Up World e Tradução por YanRam para O Grande Jardim.

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Leia também:

Anúncios

4 opiniões sobre “Vibração e a Lei das Oitavas”

  1. Pingback: Alicexam
  2. Pingback: O Grande Jardim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s