“Cloud Upon The Sanctuary” – Nuvem acima do Santuário de Karl Von Eckhartshausen

Karl_von_Eckartshausen
Karl Von Eckartshausen

Karl von Eckhartshausen (1752-1803) foi um místico alemão do Séc.18 que escreveu extensivamente sobre temas esotéricos. Em seu livro “Cloud Upon The Sanctuary”, ele fala sobre o misticismo cristão velado em código hermético.

Eckhartshausen foi brevemente um membro dos Illuminati da Baviera, mas saiu por motivos espirituais. Em seus manuscritos, ele menciona uma “Sociedade dos Eleitos”, que existe desde o início dos tempos, “A Igreja Celestial Invisível”.

Ele costumava dizer que “é a sociedade cujos membros formam uma república teocrática, que um dia vai ser a Mãe Regente de todo o mundo”. Este livro mais tarde influenciou a Ordem da Golden Dawn, e mais notadamente, Aleister Crowley .– J.B. Hare.

the cloud

Abaixo segue o início do Primeiro Capítulo do livro, pg. 1 e 2:

Não existe uma época mais notável para o observador do que a nossa. Em todos os lugares há uma fermentação nas mentes dos homens; em todos os lugares há uma batalha entre a luz e as trevas, entre explosões de pensamentos e idéias vivas, entre vontades impotentes e a força vital ativa; em suma, em toda parte existe guerra entre homem-animal e o evolutivo homem espiritual. Diz-se que vivemos em uma era de luz, mas seria mais verdadeiro dizer que estamos vivendo em uma época de crepúsculo; aqui e ali, um raio luminoso penetra através das névoas de escuridão, mas não acende a clareza total em nossa razão ou em nossos corações. Os homens não são uma só mente ainda, há disputas cientificas e onde há discórdia, a verdade ainda não foi compreendida. Os objetos mais importantes para a humanidade ainda não foram completamente determinados. Ninguém está de acordo perante ao princípio da racionalidade ou no princípio da moralidade, ou até sobre a causa da vontade.

Isso prova que embora estejamos vivendo em uma era de luz, nós não compreendemos muito bem o que emana de nosso coração e o que emana de nossas cabeças. Provavelmente deveríamos obter esta informação muito mais cedo se não fossemos capaz de imaginar que temos a luz do conhecimento já em nossas mãos, ou se quisermos, lançar um olhar sobre a nossa fraqueza, e reconhecer que precisamos de uma iluminação mais brilhante. Vivemos em tempos de idolatria do intelecto, colocamos uma lanterna comum sobre o altar e proclamamos em voz alta a aurora. Agora a luz do dia é realmente sobre aparecer e que o mundo está a emergir cada vez mais da obscuridade para o completo dia da perfeição, através das artes, ciências, cultura, e até mesmo a partir de uma compreensão mais pura de religião. Pobre humanidade! Até que ponto vocês tem priorizado a felicidade do homem? Já houve outra época em que houve tantas vítimas da humanidade como no presente? Já houve uma época em que a imoralidade e egoísmo foram maiores ou mais dominantes do que no presente? A árvore é conhecida pelos seus frutos. Homens loucos! Com a sua razão natural imaginária, de onde você tem a luz pela qual você está tão disposto a iluminar os outros? Não são todas as suas idéias embaralhadas de seus sentidos que não dão a você a realidade mas apenas seus fenômenos? Não é verdade que no tempo e no espaço todo o conhecimento é relativo? Não é verdade que tudo que chamamos de realidade é apenas relativa, pois a verdade absoluta não se encontra no mundo dos fenômenos. Assim, a sua razão natural faz motim ao possuir sua verdadeira essência, mas apenas a aparência de verdade e luz; e quanto mais aumenta essa aparência e se espalha, mais a essência da luz para o interior desaparece, e o homem se confunde com esta aparência e tateia em vão após as imagens fantasmagóricas deslumbrantes que ele evoca.

Em breve continuação da tradução do Livro aqui no blog 🙂

Fonte: Sacred Texts
Tradução: NM

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s